Habilitando o MRS Proxy do Exchange Server via PowerShell

Habilitando o MRS Proxy do Exchange Server via PowerShell

Salve galera! Para realizarmos uma movimentação de mailbox do seu Microsoft Exchange Server local para a nuvem, é necessário habilitarmos o MRS Proxy em servidores de Acesso para Cliente na sua organização local. Este artigo visa demonstrar qual o procedimento necessário para habilitarmos o MRS Proxy em nosso Microsoft Exchange Server.

Se você não executa movimentações entre florestas ou migrações de movimentação remota, mantenha os pontos de extremidade do Proxy MRS desabilitados, a fim de reduzir a superfície de ataque da sua organização.

Habilitando o ponto de extremidade do Proxy MRS através do PowerShell
O comando a seguir habilita o ponto de extremidade do Proxy MRS em um servidor de Acesso para Cliente chamado EXCHANGE01.

Set-WebServicesVirtualDirectory -Identity "EXCHANGE01\EWS (Default Web Site)" -MRSProxyEnabled $true

O comando a seguir habilita o ponto de extremidade do Proxy MRS em todos os servidores de Acesso para Cliente da sua organização do Exchange.

Get-WebServicesVirtualDirectory | Set-WebServicesVirtualDirectory -MRSProxyEnabled $true

Como validar se a configuração foi feita corretamente?
Para verificar se você habilitou o ponto de extremidade do Proxy MRS com êxito execute o seguinte comando no Shell:

Get-WebServicesVirtualDirectory | FL Identity,MRSProxyEnabled

Verifique se o parâmetro MRSProxyEnabled está definido como True.
Um grande abraço, e até o próximo artigo.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Inscreva-se